PUNTEAR / PESQUISA

O projeto Puntear/Pesquisa foi contemplado com o Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna em 2006. Neste primeiro projeto do grupo, a pesquisa do vocabulário corporal e musical partiu das memórias de cada intérprete criador.
O cia. buscou inspiração nas reflexões, de Rilke em seu livro “Cartas a um jovem poeta”, no qual este dá “conselhos” a um jovem escritor em seus primeiros passos na criação, e também no fenomenólogo Gaston Bachelard em seu livro “ A Poética do Espaço”, um estudo sobre a imaginação poética e criadora em relação aos espaços, principalmente a casa como metáfora.

“Evite de início as formas usuais e demasiado comuns…eis porque deve fugir dos motivos gerais para aqueles que a sua própria existência cotidiana lhe oferece; relate suas mágoas e seus desejos, seus pensamentos passageiros, sua fé me qualquer beleza…utilize, para se exprimir, as coisas de seu ambiente, as imagens de seus sonhos e os objetos de suas lembranças.”

No processo de criação levantou-se um compendio diversos dos materiais das memórias: objetos, registros, cadernos, vídeos, fotos, relatos de fatos da infância, etc. Depois deste início de pesquisa sobre os registros e memórias no corpo, que trabalhamos em sala de ensaio, num segundo momento, visitamos as cidades e os espaços que alojavam estas memórias, e assim, a casa, a rua, a escola, a praça constituíram territórios de investigação na dança e na música. Na última etapa do projeto, realizamos algumas intervenções nas cidades das memórias – São Paulo, Santos, Piracicaba e Orlândia – colocando os repertórios corporais e musicais em relação aos próprios espaços. A pesquisa foi toda registrada em vídeo.

Concepção: Cia. Damas em Trânsito e os Bucaneiros; Direção: Alex Ratton Sanchez; Direção musical: Débora Marcussi; Intérpretes-criadores: Carolina Callegaro, Ciro Godoy, Clara Gouvêa, Débora Marcussi e Laila Padovan; Videomaker: Mariana Sucupira.